Mais uma HQ de auto-análise. Foi mal aí.

Eu quase não postei essa HQ. Achei ela meio boba. Mas como já tinha colorido e tudo mais, vai assim mesmo.

Anúncios

Sobre Rafael Rosa

Eu desenho...
Esse post foi publicado em Clichêlândia. Bookmark o link permanente.

11 respostas para Mais uma HQ de auto-análise. Foi mal aí.

  1. tiago lacerda disse:

    achei massa, tenho este mesmo problema, além de nunca dizer nnao aos outros.
    foda isso.

  2. Gabriel Hislla disse:

    Esse negócio do não dizer ‘não’ é um caso sério…
    Principalmente por que as vezes tenho umas crises involuntárias de Canalhice-preguiçosa.
    Tipo, “Carambas! Me ofereci pra terminar o trabalho do fulano… bem, um episódio à mais de ‘Frango Robô’ não vai fazer mal à ninguém. Ou talvez dois…”
    E quase sempre acabo deixando de fazer as minhas coisas pra cumprir minha palavra.

    ._.

  3. Vitor disse:

    LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL

    você ta ficando mais engraçado, vai la mano \(ò.ó)¬

  4. Cris disse:

    E com quantos “nãos” se faz um “sim”? E vice versa? Lembrei de duas figuras de personalidade forte que eu acompanhei na vida durante tempo o suficiente para dizer que elas têm lá sua margem de razão: professora Eva e Michol. “Quem tem pena do coitadinho, fica no lugar dele”. De início eu achei de uma tremenda grosseria, essa máxima. Depois conclui que é pra isso que servem os amigos [dentre outras coisas]: pra gente “incomodar” e ser “incomodado”, porque alguma hora se é “o amigo” de alguém. E amigo que é amigo sabe aceitar o “sim” e o “não”. Portanto, será que é incômodo mesmo? Aos desconhecidos a regra se aplica lindamente. Incomodar não seria a palavra exata. Seria…ter jogo de cintura. Viu como a coisa fica mais leve? E seguimos jogando. Incomodar, jamais.

    • Rafael Rosa disse:

      Com os amigos não tenho medo de incomodar! Acho isso mesmo, fazemos amigos pra termos quem incomodar quando existe a necessidade. Meu maior problema deve ser esta coisa “bicho do mato” que ainda habita em mim.

      Saudades de incomodar e ser incomodado por você, minha linda! Beijos.

  5. aaffonso disse:

    Cara, seus quadrinhos e ilustras são muito bons. Parabéns. Bookmarcado.

  6. Girresse disse:

    Cara me identifico com essa história.
    Gostei pra carambra!!!

    Aquele estágio avançado da “besteirinha”me lembrou o Jonh Merryck

  7. hahahaha me identifiquei porque não gosto de incomodar as pessoas telefonando. sempre pergunto se ela tá ocupada e se pode falar 😛 caboquisse, né?

    [ ricardo não me falou que tu tava trabalhando, nunca mais vi essa criatura. creio que ele esteja levando essa história de história muito a sério ]

  8. calote disse:

    HHAHAHAAHAHA que foda. Curti muito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s